-->

#19 RESENHA: LUANA: A filha da lua - RONALDO SANTANA, FLAVIANA RANGEL,

"Quem, quem comigo vai e vem?
Quem é o amigo mais legal?
Eu sei que ele é bem grandão
É o Meu AmigãoZão"


OLÁ paixões como vocês vão? comendo muito peixe e comemorando essa data tão importante? infelizmente eu não gosto de peixe, mas fazer o que... Bom amores, aproveitando esse feriado, vim trazer uma resenha de um livro maravilhoso, do meu gênero preferido, vamos ver?

Título: Luana: A filha da lua
Autor: Ronaldo Santana, Flaviana Rangel
Editora: RJR Produções
Páginas: 224
Avaliação:

Sinopse: Luana é uma menina de 12 anos que teria tudo para ser como as outras, não fossem seus estranhos cabelos prateados, cuja origem é um verdadeiro mistério. Um enigma que Luana terá que desvendar, pois sua vida corre perigo quando uma feiticeira aparece para matá-la e, inconscientemente, um poder descomunal proveniente de seus cabelos a salva. Agora, ela precisa descobrir sua origem para entender esses poderes, antes que a feiticeira Irina os roube dela, usando-os para o mal.
                                                                           ●●●
"Infelizmente", pelo menos para os curiosos, este é o primeiro volume de uma saga de quatro livros. Luana é uma garota de apenas 12 anos, que possui cabelos prateados, não cinzas nem platinados,realmente da cor de prata, a origem de seu cabelo é totalmente desconhecida, assim como a sua, já que foi adotada por uma família rica ainda pequena.
A menina possui duas amigas inseparáveis, Vitória e Ingrid, as garotas passam o dia todo perambulando pelo shopping sozinhas, nunca fizeram nada de errado, então todas tem a total confiança de seus pais..

“Eu já acostumei com isso, eu adoro meu cabelo do jeito que é."
Vitória é a garota mais popular da escola, e esbanja muito dinheiro, juntamente com luana que possui popularidade devido à atenção que seus cabelos chamam para ela, as duas meninas são completamente o contrário de Ingrid, que mora com sua mãe no lado pobre da cidade, as duas são muito humildes, viajam horas de ônibus para chegarem ao seu destino. e batalham pelo que querem, Ingri também é muito introspectiva, as vezes achei que a garota se escondia muito atrás do brilho de suas duas melhores amigas, que não se permitia brilhar..

“todos nós estamos interligados por uma mesma teia [...]."
 Tudo ia bem, até que um dia nossa protagonista resolve ficar sozinha no shopping, como já conhecia tudo por ali como a palma da sua mão, não teria perigo. Porém a garota percebe uma loja muito estranha que não havia notado antes, muito rústica, seria impossível passar despercebida, ao adentrar na loja, viu muitos livro e iguarias estranhas, o livro "receitas de amor" chamou sua atenção, mas não entendia porque aquela loja venderia livros de receita, do nada a dona da loja, Andressa, aparece para atender a menina, mas esta vê que Luana está completamente perdida, então entrega uma pulseira para a garota e pede para a mesma chamar um táxi e não voltar apé para casa. Luana achou que tudo passava de uma idiotice, e resolveu desobedecer, assim algo muito maligno aconteceu sem nenhuma explicação com a jovem. E sua vida mudaria dali para frente.
A sinopse já trás bastante coisa sobre a trama, mas meu caro leitor, ainda há muito o que descobrir nesse pequeno livro..

“Não existe outro mundo, tudo faz parte do mesmo mundo, tudo depende do olhar."
A história é envolvente, com fácil acesso da escrita, fora a edição que é impecável, como não se apaixonar?
Os personagens secundário, que são muitos, trás toda uma ligação com a história principal, sendo fundamentais para o desfecho da trama.
Bom o que dizer desse livro. FANTÁSTICO, o leitor fica com muita curiosidade e aflição durante as páginas, e quer sempre mais, infelizmente ou felizmente estamos longe do fim da trama de Luana, acho que a personagem tem muita capacidade de evoluir ao decorrer dos livros, e estou aguardando ansiosamente para saber o que mais virá por ai.. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo