-->

#28 RESENHA: SOB O OLHAR GREGO - BELLA CRESTAN #favoritado


Olá ervilhas, sentiram minha falta? ontem terminei mais duas leituras (viva ao livros bons) e um deles foi essa belezinha da Bella, um amor em forma de livros, vamos conhecer?




Título Original: Sob O Olhar Grego
Autora: Bella Crestan
Editora: Alternativa Books
Páginas: 136
Avaliação:



Sinopse: Be é uma garota insegura que sonha ser escritora. Ela viaja à Grécia em busca de inspiração para seu livro e lá conhece Ed, um músico famoso que se torna um bom amigo e a faz enxergar o mundo com outros olhos. Quando finalmente se sente uma mulher mais confiante e decidida, algo inesperado acontece para confundir sua cabeça e trazer à tona sentimentos e frustrações que estavam escondidos em sua mente. Em meio a um conflito interno, Be vê no caos a chance de viver um grande amor.
                                                                         ●●● 
AMOR, AMOR E MAIS NADA, como começar a escrever essa resenha? tenho que parar de ter medo de resenhar livros que amo, principalmente aqueles que me vejo como a personagem.
Be, sim simplesmente BE, é uma mulher com jeito de menina, no auge dos seus 25 anos ela não é o que possamos chamar de feliz, não se vê bem com seu corpo, é tímida ao extremo, e não deixa ninguém se aproximar dela, tudo culpa de um ex otário. A  nossa protagonista é formada em jornalismo, mas infelizmente essa professora não a deixou famosa, ela trabalha em um agencia, porém não está nada satisfeita com isso e sonha com o dia que ser escritora se tornará real, um dos motivos da sua infelicidade é Marina, aquele tipinho de garota nojenta que se acha um máximo por ter um corpo fantástico (pau-de-sebo como diria gabriel) Marina trabalha na agencia junto com Be e as ANAS, que são amigas da protagonista..

""Existem dias que parecem noites... E este poderia ser a noite do terror."
Be, vive com seus pais e nunca fez nada de diferente em sua vida, mas ao ver uma promoção de passagem para Grécia e para provar para marina que ela é capaz de viajar e ser feliz sozinha, ela encara de frente a viajem e compra as passagens, seu ingles fluente ajudaria, a única coisa que poderia atrapalhar era sua mala que pesava mais que um elefante. Para ela a grécia seria um lugar perfeito para se inspirar nos personagens e cenários para seu livro. E assim começa uma aventura..

""Nestes momentos de falsos confortos é que o destino gosta de ser irônico, em seu jeito peculiar de ser."
O livro é escrito em terceira pessoa o que ajuda o leitor a se conectar com todos os personagens, inclusive Ed, um inglês um pouco desastrado que acaba derrubando café quente em Be no aeroporto, um fato simples que não significaria nada, mas Ed era determinado e grudou em Be desde o avião principalmente depois que descobriu que iria ficar no mesmo prédio que ela, obvio que com sua timidez Be odiou isso, mas mal ela sabia que ai poderia ser o início de uma grande amizade..

""[...] não importa de onde você venha, ou que idioma fale, todos nós somos únicos, e mesmo assim temos os mesmo sentimentos, só queremos ser felizes."
Uma viagem fadada ao fracasso pode mudar completamente, pode servir para conhecer o amor, a amizade e principalmente a si mesma, Be teria que aprender a se amar, ver que ela é perfeita mesmo rindo igual uma hiena no cio (imaginei isso, desculpa) ou com seus quilinhos a mais. Um inglês, um francês e uma louca brasileira, um trio muito incomum de ver, mas queria ser amiga deles..

""Existem momentos que não precisamos explicar o significado de uma vida inteira, ou da existência da Terra. Apenas devemos aproveitar e sorrir para o que a vida nos apresenta."
Esse é aquele livro que tem tudo para ser clichê, mas que a autora não permite isso, a escrita de Bella é leve, envolvente, nos faz devorar o livro e mesmo assim refletir sobre toda a situação daquela personagem, ela nos mostra o crescimento de Be ao longo do livro e tenho certeza que no segundo ela crescerá ainda mais..

"Na vida tudo é tão natural, e assim é o amor, expressão máxima de um sentimento, por isso que sentir medo de amar é sentir medo de respirar, de acordar, de viver."
Eu amei e todas as formas a protagonista do livro, as vezes eu lia algumas coisas e pensava "poxa, essa sou eu" em algumas cenas parecia um d'javu pois sabia que em algum momento da minha vida eu ja havia presenciado aquilo, e este meu caro leitor, é o melhor livro que alguém pode ler.
E quanto a Ed? quero guardar ele em um potinho só pra mim. <<3

2 comentários:

  1. Oi amada parabéns pelo blog e pela resenha, gostei muito! faço parte do blog Agenda dos Blogs, estou te seguindo, beijinhossssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Meu amor, Acho bem justo guardar o Ed em um potinho kkkkkk
    Amei a resenha, que linda!!!!
    Fico feliz que tenha de emocionado tanto 😍😍😍😍Que coisa boa!!!

    Beijos mil, Bella

    ResponderExcluir

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo